Alunas do MPET oferecem aulas gratuitas para comunidade

A mestranda Carolina Oliveira (Linha 1: Formação de professores), em parceria com a paróquia São Vicente de Paulo, a Obra Social SVP (Compensa), a escola Santa Doroteia (Centro) e comunitários da área, ofereceram à comunidade um mês de aulas de Língua Portuguesa, Matemática e Noções de Informática aos sábados. O projeto piloto chamado de “Aula na Comunidade” contou também com a parceria de três professores, professores Denilson e Emerson e da mestranda Gilmara Maquiné (Linha 2: Recursos Tecnológicos). O número de pessoas da comunidade com interesse em estudar para concursos é grande, mas por se tratar de uma área carente, a maioria tem dificuldades em manter um cursinho pago, por isso a iniciativa é importante. O projeto contou com a doação de lousa, pincéis, microfone e a parceria fundamental do padre Marco Antônio na disponibilização do local, das cadeiras, água e energia. Em um mês de aula, mais de 40 pessoas participaram das aulas, os alunos contribuíam para gasolina dos professores, que aceitaram participar do projeto gratuitamente. Um dos objetivos do Mestrado Profissional Tecnológico é contribuir para a formação de pesquisadores com focos temáticos no ensino técnico e tecnológico, as mestrandas a partir das disciplinas do 1º semestre fundamentaram essa prática, o espaço não contava com computadores e nem internet e para as aulas de noções de informática foram trabalhadas atividades desplugadas e por competências as aulas foram construídas e bem participativas. É o Mestrado Profissional Tecnológico fazendo a diferença na comunidade. 

Seguem registros das atividades: