Aluno do MPET aplica Design Thinking com alunos de Publicidade e Propaganda em duas Instituições Superiores de Ensino em Manaus

O aluno do Mestrado Profissional em Ensino Tecnológico (MPET-IFAM), Amarinildo Osório, que também exerce a docência no ensino superior realizou diferentes experiências de aplicação com o uso do Design Thinking (DT) para o desenvolvimento de projetos, em duas Instituições Superiores de Ensino (IES) em Manaus, a partir da colaboração de 120 alunos de graduação em Publicidade e Propaganda (PP).

No total, foram desenvolvidos 22 projetos, sendo: cinco (05) na disciplina Planejamento de Campanha com alunos do 4º período do Curso de Publicidade e Propaganda (PP) da Faculdade Martha Falcão (FMF – Wyden); no Centro Universitário do Norte (UniNorte) foram nove (09) projetos na disciplina Laboratório de Práticas em PP (com alunos do 6º período) e oito (08) projetos com alunos do 8º período, na disciplina de Empreendedorismo.

Os projetos tiveram resultados entregues em etapas, ao longo do 2º semestre de 2018, usando como abordagem oDesign Thinking a partir de três fases: imersão (com o estudo do problema e pesquisas a campo); ideação (para a geração das ideias e propostas de soluções) e prototipação (onde foram construídos artefatos representativos às ideias geradas).

Segundo o Prof. Osório, as experiências trouxeram um novo olhar para o ensino de Publicidade e Propaganda: “Foi uma experiência rica, desafiadora e que trouxe um novo olhar para o desenvolvimento de projetos publicitários na área. Além de um processo organizados em fases, os alunos trabalham diferentes ferramentas e os valores do Design Thinking, que fizeram eles irem a campo, investigar problemas, gerar ideias e prototipá-las”, declarou.

Para o aluno Robert Araújo, do 6º período de PP do UniNorte, a experiência foi inovadora. “Basicamente, quando construímos um projeto publicitário pelos métodos tradicionais, nós buscamos informações na Internet. Com o DT, nós pudemos coletar informações de uma forma diferente. Tivemos que investigar, ir à rua, conversar com pessoas importantes, entender o processo. Isso foi bem diferente”, disse.

Já a aluna Fernanda Souza, do 4º período de PP da FMF – Wyden, disse que “desenvolver este projeto nos possibilitou a aplicação prática dos conhecimentos teóricos adquiridos em sala de aula. Pudemos vivenciar os benefícios de aplicar as técnicas do Design Thinking para escolher, planejar e executar um trabalho completo. Com certeza, tudo isso trará a nossa carreira profissional grande contribuição e avanço em comunicação para o currículo”, concluiu.

Projetos Multidisciplinares

Os projetos construídos pelos alunos reuniram temas multidisciplinares, incluindo: adoção tardia, proteção aos animais, desenvolvimento de produtos e serviços (com a definição de protótipos), ações e eventos em marketing, planos de negócios e desenvolvimento de marcas. “Agora, vamos iniciar um segundo momento, com a melhoria e detalhamento desses projetos. A intenção é gerar publicações, para socializar os trabalhos gerados”, finalizou Osório.

Pesquisa de Mestrado

Amarinildo Osório é orientado pela Profa. Dra. Andréa Mendonça, da linha 2 – Recursos para o Ensino, e estão desenvolvendo um estudo sobre o uso do Design Thinking para o ensino de projetos publicitários. Como resultado do trabalho de dissertação, estão organizando um Guia Didático para professores, no formato de um e-book, que se constitui de uma proposta de ensino-aprendizagem que usa DT para o ensino de projetos publicitários. O material compreende: ementa, planejamento de ensino, roteiros de aprendizagem, instrumentos de avaliação e um conjunto de orientações para que professores possam aplicar o DT em sala de aula.

A partir de março de 2019, o material estará disponível para download no site do MPET, na seção dissertações defendidas, por meio do link.

O que é Design Thinking (DT)

É uma abordagem ou modelo mental, focada no ser humano e voltada à resolução de problemas complexos. O DT vem sendo utilizado no mundo dos negócios e na educação para diferentes aplicações, com o propósito de gerar inovação e trabalhar valores como a empatia, a experimentação e a prototipação de projetos.