SETA 2019

HISTÓRICO DO SETA 2019

Qual a sua profissão? Porém, a palavra “profissão” é intraduzível para as antigas línguas humanistas, que manifestam uma dificuldade instransponível em abordar o “trabalho” impessoalmente, em separar por completo a atividade profissional da essência do indivíduo e do fato de esta constituir também a sua própria expressão, ainda que apenas de forma parcial ou desvirtuada. FRANCO FERRAROTI, 2015.

O V Simpósio em Ensino Tecnológico do Amazonas- V SETA/2019, foi uma prática de divulgação científica promovida pelos mestrandos e professores do Curso de Mestrado Profissional em Ensino Tecnológico- MPET, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas- IFAM. O evento ocorreu entre os dias 26 a 28 de setembro.
A cada edição do SETA uma turma de mestrandos e os professores do MPET desenvolve um projeto com uma temática voltada para a reflexão que envolva o ensino tecnológico. No ano de 2019 o evento foi organizado pela turma de mestrandos/2018, sob a coordenação geral dos professores Nilton Paulo Ponciano e Amarildo Menezes Gonzaga, com a contribuição da coordenação, professores e secretárias do curso, além dos acadêmicos das licenciaturas e voluntários.
O SETA/2019 foi um evento técnico-científico voltado para refletir e divulgar a temática: O(s) Método(s) de Pesquisa no Ensino: Desafios e Possibilidades. Nos três dias o debate intenso sobre formação de professores, metodologias de ensino, produtos educacionais e formação (auto)biográfica foram as bases de sustentação do evento. Ocorrido no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM), Campus Manaus-Centro (CMC), o evento contou, na abertura, com uma apresentação de uma peça de teatro organizada pelo professor do MPET e Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, João dos Santos Cabral Neto.
No primeiro dia tivemos, ainda, como presença de destaque, a conferência do professor doutor Elizeu Clementino de Souza (UNEB), cujo título foi Formação de professores na perspectiva da investigação-formação. A conferência contou com o apoio do Centro de Mídias de Educação do Amazonas- CEMEAM, da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas, que a transmitiu online para todo o interior do estado do Amazonas.
Outro acontecimento marcante na data de abertura do SETA/2019 foi a roda de conversa entre os egressos do MPET. Contando com a participação de seis egressos do MPET, se debateu por quase duas horas o papel do mestrado profissional na vida profissional de alguns mestrandos.
Após o debate, ocorreu como em edições anteriores, a mostra de produtos educacionais que o Mestrado Profissional em Ensino Tecnológico já produziu e, concomitantemente, houve a exposição de banners com os projetos de pesquisa dos mestrandos da turma/2019 e alunos do curso de especialização em Investigações Educacionais- CEIE. O encerramento do primeiro dia ficou por conta de uma confraternização entre os participantes e um show musical.
No segundo dia do evento ocorreram atividades nos turnos matutino e vespertino. Pela manhã ocorreram sete oficinas: 1- Análise de conteúdo enquanto técnica na pesquisa qualitativa; 2- Lições de gramática em cordel; 3- Criação de vídeos de bolso com aplicativo para android; 4- Pensamento computacional desplugado; 5- Investigação, criatividade e colaboração na criação de jogos e animações com scratch; 6- Aprendizagem criativa: integrando scratch e arduino em projetos steam; 7- Paradidáticos na formação continuada: um estudo em Ierecê Barbosa.
No período vespertino o SETA/2019 contou com as seguintes atividades: apresentação dos artigos científicos e relatos de experiências, mesa-redonda sobre a formação como prática de pesquisa, exposição de obras inéditas e momento cultural. Nesse ano foram submetidos ao SETA 78 artigos científicos para a apresentação oral e 46 para relatos de experiências. Deste número foram apresentados 40 artigos científicos e 29 relatos de experiência, os quais constam nos Anais do evento.
A comunicação oral apresentou quatro eixos temáticos para os artigos científicos: Formação de Professores; Recursos Pedagógicos; Ciência, Tecnologia e Sociedade; e Educação Inclusiva e Ensino.
Após as comunicações, o evento continuou suas atividades com uma mesa-redonda intitulada Investigação-formação como prática de pesquisa, em que as debatedoras Dra. Cinara Calvi Anic Cabral e Ana Maria de Lucena Rodrigues dialogaram com o convidado, Dr. Elizeu C. de Souza. Nessa tarde, contou-se, ainda, com o lançamento das obras publicadas pelos professores e egressos do MPET, sorteio de livros ao público presente e agradecimentos aos participantes da mesa-redonda, coordenação do MPET, coordenação do SETA e aos professores e voluntários.
No terceiro e derradeiro dia do evento foi promovido pela equipe da organização um café filosófico, no Parque do Mindú- Manaus, com uma conversa sobre pesquisa científica. O que é fazer pesquisa no campo do ensino? A formação de professores abre perspectivas para se pensar uma pesquisa sobre a formação de si? É possível fazer pesquisa sobre a (auto)formação de professores? Como um procedimento metodológico não organizado interfere na condução da pesquisa? A narrativa é fonte para se discutir a formação de professores? Essas e outras indagações fluíam na conversação entre os participantes e o professor Elizeu C. de Souza e, assim, o SETA/2019 se encerrou, entre homens, mulheres, pesquisadores, pesquisadoras, natureza e um farto café numa manhã de sábado. Saborosas reflexões de um café filosófico.

Comissão organizadora do V SETA

Registro fotográfico dos momentos do Evento: FOTOS